TAG: Jake Bugg Songs

13 de abril de 2016

Olá! Hoje o post é interativo e eu trouxe uma TAG – criada por mim – de um dos meus cantores favoritos da vida, Jake Bugg. A TAG consiste em associar livros com os nomes das musicas de Jake.
Bugg conquistou-me pelo fato de ter uma voz anasalada diferente do que estamos acostumados a ouvir e de não ter estilo “garanhão”. Ele é simples! Veste-se de um jeito simples, fala de um jeito simples e canta de um jeito simples, porém, encantador. Apesar de ter 22 anos, não age como se tivesse uma mentalidade perante a essa idade. Seu estilo musical incorpora indie rock, indie folk, blues e country rock. Quando escuto suas musicas parece que estou em uma fazenda com vacas ao meu redor, só falta uma palha na boca. Mas, não deixe se enganar por esse estilo musical. Apesar de todas as musicas ter uma intro calma, as letras dão a entender que ele é como nós e sofre demais. 


Caso vocês queiram saber mais sobre essa fofice, clique aqui. Sem mais delongas, vamos a TAG.


Broken - um livro que partiu/quebrou seu coração:

100 dias de felicidade (clique aqui, o link irá direciona-los a crítica do livro) partiu meu coração pelo fato do protagonista ter me conquistado demais a ponto de chorar com tudo o que ele falava ou fazia. O enredo traz assuntos como: vida, doença, família, perdão e morte. Porém, o desfecho do livro acabou comigo.

Someone told me – um livro que te indicaram e você amou:

Os sete, do escritor brasileiro Andre Vianco. Uma conhecida tinha lido e disse que eu ia amar pelo fato de ser sobrenatural (vampiros). Como eu sou apaixonada por vampiros, decidi lê-lo. Pronto, bastou um livro para eu ler a série inteira e Vianco virar um dos meus autores preferidos.

Strange creatures – um livro estranho, mas que você gosta:

Não entre em pânico! O primeiro livro da saga o Mochileiro das galáxias, do autor Douglas Adams (também um dos meus autores favoritos). Ao começar a ler, algumas perguntas vieram à tona: O que é isso? O que está acontecendo? Onde estou? Isso aqui está traduzido corretamente?
Decidi começar a leitura desde o inicio com mais atenção e, conforme fui lendo, todas essas perguntinhas foram respondidas. Sim, é um livro estranho! A história é estranha, os personagens são estranhos, o mundo apresentado é estranho, tudo é estranho. Mas, eu gosto.

A song about love – um protagonista que você se apaixonou:

É difícil escolher apenas um protagonista em meio a milhares de livros lidos. Mas, o que eu vou levar para sempre é: Mikael Blomkvist da trilogia Millennium. Os motivos são evidentes: É um jornalista que, sem querer, transforma-se em um “detetive particular”; sincero até demais; leal; é tão bobinho que às vezes até uma mosca o enganaria (em sentido sentimental), porém, é indiscutivelmente inteligente e cativante.

Tell me a tale – um conto que você gosta:

Um conto de natal, do glorioso Charles Dickens. Eu não tenho nem palavras para expressar-me sobre esse conto. Imagina você ter apenas características ruins que fazem você se afastar das pessoas, mas, alguns fantasmas mudam isso mostrando fatos da vida... Pois é! É isso que encontramos nessa obra sensacional.

Me&you – um livro que você não emprestaria a ninguém:

Os miseráveis, do Victor Hugo. Na verdade, eu acho que não tem como emprestar, é O calhamaço. Mas pelo fato de ter ficado anos o desejando, eu não teria coragem de entregar á alguém.

I see her crying – um livro que te fez chorar horrores:

Harry Potter e as relíquias da morte, da rainha J.K. Eu não sei se foi pelo fato de ser o ultimo livro da saga, ou se o final realmente me comoveu. Acho que as duas coisas mesmo.

I can’t stop loving you – seu livro favorito da vida:

Eu tenho muitos livros favoritos, mas o da vida é: O senhor dos anéis (a trilogia). Sim, foi Tolkien que me levou para o mundo da leitura. Então ele fica lá no topo de favoritos. Junto com o Tolkien, já que também é um dos meus autores favoritos.

Friends – personagens que você gostaria de ser amigo

Aquele momento forever alone. Mas, vale lembrar que personagens de livros são os melhores amigos que podemos ter, o conhecemos mais do que eles mesmos. MAAAAS, eu queria muito o Ron, de Harry Potter; Mikael e Lisbeth, de Millennium; Guilherme, o vampiro inverno de Os sete; Sam, de O senhor dos anéis; Marina, de Marina e Tyrion, de As crônicas de gelo e fogo.

Two fingers – um livro que te levou para outro mundo:

O hobbit (clique aqui, o link irá direciona-los a crítica do livro). Com certeza eu ainda vivo no Condado e me sinto uma Hobbit por causa do meu tamanho. É um mundo que eu fui através da leitura e, mesmo após termina-la, ainda vivo por lá.

Então é isso, a TAG chegou ao fim! Espero que quem não conhece Jake Bugg, passe a escutar suas musicas para conhecê-lo e quem conhece, faça a TAG. Agora fiquem com esse sorrisinho super fofo <3


4 comentários:

  1. Acredita que eu só conheço uma música do Jake? Preciso procurar mais, vou começar ouvindo essas da sua TAG. Queria dizer que na Me&You eu responderia que não emprestaria nenhum! Isso de emprestar livros já me trouxe tanto problema que eu desisti hahaha.

    Beijos
    Jana Teixeira - Aquela Borralheira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu confesso que também não gosto de emprestar livros não! Mas tem uns que eu quero que o mundo todo leia kkkk

      Excluir

Heey!

Agradecemos pela visita. O que achou do post? Compartilha sua opinião conosco. Obrigado :)
















EU VIVO LENDO. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.
DESIGN E DESENVOLVIDO POR SOFISTICADO DESIGN