A decadência da TV Aberta



Entreter! Essa é a palavra buscada por todo e qualquer meio midiático que busque uma aproximação eficaz e qualitativa com seu público. Todos estão em busca de um público específico. O objetivo maior? Transformar e conquistar as pessoas, para que elas se enquadrem em um determinado grupo social e o produto seja consumido e passado para frente. O problema, é que a qualidade oferecida pela TV aberta atual, não está satisfazendo mais o público. As pessoas mudaram e buscam constantemente por entretenimento de qualidade, o que a "televisão do povo" não está conseguindo mais oferecer.





A TV aberta caminha claramente para seu fim ou mudança total, e será muito em breve engolida em definitivo pela TV por assinatura e principalmente pelo conteúdo on demand. Da mesma forma que o celular (que era inacessível) substitui a telefonia fixa e a matará em breve, o e-mail matou o fax, e os leitores digitais vão aos poucos sepultando os livros e mídias impressas






Deduzir causas para a diminuição da audiência de massa no meio aberto, apesar de uma tarefa fácil, é bastante curiosa. Depois do surgimento das séries de TV, o público percebeu que poderia e deveria assistir coisas um pouco mais complexas e sair da zona de conforto. Não que todas as séries iniciais viessem com uma proposta tão diferenciada, mas tudo isso foi um choque de entretenimento muito bem-vindo para o público. Principalmente para o público brasileiro, que estava/está cansado de novelas e programas de auditórios, que conseguem a cada vez, inovar em seus aspectos de previsibilidade mórbida.

Entretenimento de qualidade.
Infelizmente, a insistência dos meios televisivos em mostrar o que todo mundo já sabe e investir massivamente em um sensacionalismo que já está batido, é resultado da aceitação de um público antigo. Pessoas fiéis, que consomem esse tipo de produto, mesmo que ele esteja em declínio crescente. As coisas só irão mudar um pouco de figura, quando todos, em conjunto, perceberem o quanto nossa programação atual é pobre. Um roteiro fraco! Um roteiro lotado de referências clichês a coisas já feitas anteriormente e reutilizadas atualmente. Bastante triste, não?

Apesar de tudo, é possível resgatar a qualidade a tanto tempo deixada de lado pela TV aberta. Ok! Você pode dizer que não precisamos, porém, já parou pra pensar que nem todo mundo tem acesso a TV fechada e a servições de streaming, como a NETFLIX ou TeleCine Play? O que essas pessoas podem fazer? Nem sempre quem assiste a esse tipo de programa tem a opção de escolha. Por isso uma mudança é tão necessária. Enquanto as pessoas não pedirem e exigirem por uma programação melhor, nada mudará. As emissoras sabem que existem milhares de pessoas refém de seus produtos. Seja essa pessoa por alienação, ou por pura falta de sorte.

Diga: XXXXXX!

O assunto pode soar preconceituoso para algumas pessoas, devido ao gosto pessoal de cada um, mas é nítido o modo como a TV aberta não tem se dado ao trabalho de melhorar. Todos! Sem exceção, estão majoritariamente insatisfeitos. Algo deve ser feito, antes que seja tarde demais.

Que venham menos Casos de Família e mais MasterChefs.

7 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Ah, sei como é! Desde pequena que eu tenho TV por assinatura lá em casa. Meus pais sempre foram bem conscientes das porcarias que existem na tv aberta (porcaria mesmo, sem eufemismo), e quiseram proteger a mim e meus irmãos disso. É muita baixaria, besteira e coisas que eu não tenho paciência pra ver. Só de ligar a televisão nesses programas me dá um mal estar, um enjôo, e é bom voltar pra minha familiar Disney ou Discovery Home&Health.

    Clara
    @clarabsantos
    clarabeatrizsantos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Um amor chamado masterchef <3
    http://utopiasdegarotaa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. A muito tempo eu não assisto TV aberta, tentei começar a assistir a novela das 7 da Globo e quase vomitei, pois é uma novela sem nexo, sem roteiro, enfim sem nada de bom. Depois disso desisti de tentar e hoje só assisto seriados baixados, não da mais para engolir essa besteirada toda.

    Eu não sei sobre masterchef, pois realmente não assisto, mas sinto pena mesmo das crianças que os pais não tem condições de bancar uma TV a cabo e nem mesmo a TV Globinho (que já me fez tão feliz) existe mais, enfim, infelizmente é o fim da TV brasileira.

    Beijos
    http://osuficientee.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Oie! Ola sinceramente eu pouco tv aberta eu assisto, não tem mais nada que "preste" fico de vez em quando na tv acabo, lá pelo menos tem algumas coisas boas!
    Bjs, comenta por favor nesse post, vai ajudar muito: http://resenhasteen.blogspot.com.br/2015/11/feitico-da-sombra.html

    ResponderExcluir
  6. O q eu acho eh q tanto na TV aberta como por assinatura ambas não possuem qualidade, vc paga 200 reais para ter os telecines e vc eh obrigado a ver os mesmos filmes toda semana, e fora os realitys da Discovery e National, todos forjados para um só objetivo, reter a sua atenção e vender os produtos deles. Por isso q não assisto nenhuma TV, sou livre!

    ResponderExcluir
  7. O q eu acho eh q tanto na TV aberta como por assinatura ambas não possuem qualidade, vc paga 200 reais para ter os telecines e vc eh obrigado a ver os mesmos filmes toda semana, e fora os realitys da Discovery e National, todos forjados para um só objetivo, reter a sua atenção e vender os produtos deles. Por isso q não assisto nenhuma TV, sou livre!

    ResponderExcluir

Heey!

Agradecemos pela visita. O que achou do post? Compartilha sua opinião conosco. Obrigado :)

Eu vivo lendo. Todos os direitos reservados.©
Design e codificação por Sofisticado Design