Pipoca de Sexta #48 - Whiplash

Heey peoples! Beleza? O Pipoca de Sexta de hoje está especial. O Motivo? Terei a honra de falar sobre um filme que foi indicado a mais de dois Oscars e que se tornou um dos meus favoritos. Venham!

Título: Whiplash – Em Busca da Perfeição
Título Original: Whiplash
Gênero: Drama
Elenco: Miles Teller, J.K.Simmons, Paul Reiser e etc.
Distribuidora: Sony Pictures
Ano de Lançamento: 2014
Nacionalidade: EUA
Direção: Damien Chazelle


Avaliação:

Elenco: 5/5
Trilha Sonora: 5/5
Obra Completa: 5/5



O solitário Andrew é um jovem baterista que sonha em ser o melhor de sua geração e marcar seu nome na música americana como fez Buddy Rich, seu maior ídolo na bateria. Após chamar a atenção do reverenciado e impiedoso mestre do jazz Terence Fletcher, Andrew entra para a orquestra principal do conservatório de Shaffer, a melhor escola de música dos Estados Unidos. Entretanto, a convivência com o abusivo maestro fará Andrew transformar seu sonho em obsessão, fazendo de tudo para chegar a um novo nível como músico, mesmo que isso coloque em risco seus relacionamentos com sua namorada e sua saúde física e mental.







Resumo:

Andrew estuda na escola de música mais famosa do mundo e dá seu sangue para melhorar cada vez mais em sua maior paixão: a bateria. O jovem sempre está se aprimorando e tem o sonho de tocar em uma orquestra profissional. Em determinada ocasião ele acaba chamando a atenção de Terence Fletcher um dos mestres do jazz e detentor do posto de maestro em uma orquestra super renomada. Parece que o sonho de Andrew está preste a se realizar!

Já em treinamento na orquestra de Terence, Andrew começa a perceber o quanto correr atrás dos seus sonhos será difícil. O maestro usa de métodos brutais e questionáveis para treinar seus alunos e os humilha até não poder mais. Porém, Andrew é forte e não deixa que os métodos do maestro estraguem seu sonho. Será que ele conseguirá realizar seu sonho diante de tamanha pressão? E Terence, como ficará?

Opinião:

Quando um filme é indicado ao Oscar minha atenção já é automaticamente redirecionada a ele, mas nem sempre o filme em questão é de qualidade. Fui assistir Whiplash esperando um filme que me entretece e emocionasse, porém encontrei muito mais. Encontrei arte! Whiplash é uma verdadeira orquestra de qualidades técnicas e de arte conceitual. 

O subtítulo brasileiro já dá masticado ao telespectador aquilo que o protagonista quer alcançar: a perfeição. Andrew nunca está satisfeito com seus méritos e seu talento, ele sempre quer mais e sempre está em busca disso. O protagonista não é um poço de simpatia, mas cumpre brilhantemente seu papel. Chocar-nos, emocionarmos e fazer-nos refletir. Andrew, de certa forma, concentra um pouco de cada um de nós. Ele carrega o orgulho e a baixa autoestima por boa parte do filme e as provações por que passa mostra ao público o quanto ele é corajoso e determinado. Porém, também somos determinados para conseguir aquilo a qual almejamos. SERÁ?



Whiplash toca bastante no emocional do espectador e usa a emoção como principal artefato para despertar emoções e conflitos internos. A mágica do filme está realmente ai! Você se pegará torcendo e "chorando" por Andrew em diversas partes do filme. A obra realmente transcende a tela e consegue chocar a qualquer pessoa. Acredite! Você custará ficar quieto em sua cadeira na sala de cinema.

O filme também arrisca no romance, mas não é algo que tenha o foco principal, ele está ali por um bom e claro motivo, que será facilmente percebido pelo espectador. Mesmo que algumas pessoas o achem quase inútil eu realmente entendi o motivo de tudo aquilo. Andrew perde seu grande amor para tentar o seu sonho. Ok, você pode até pensar: Opa, eu já vi isso outras vezes. Porém, aqui é feito de maneira rápida e sagaz.


Além de uma história recheada de sentimentos, o filme também acerta em cheio quando se trata da parte técnica. Whiplash possui uma fotografia muito bonita e um jogo de câmeras espetacular. São feitos diversos "closes" em momentos X onde o protagonista passa por problemas e isso intensifica em 100% a angústia do espectador. Foi uma jogada muito bem pensada e inteligente do diretor. "Congrats".

É até estranho falar de trilha sonora em um filme a qual o tema principal é a música, mas não poderia deixar de ressaltar a impecabilidade da trilha. INCRÍVEL! Sério gente. Vocês precisam ver! O legal de Whiplash é que além de assistir você também "escuta o filme". Garanto-lhe que sairá da sessão com vontade de ouvir alguma orquestra.


Esse é um filme para ser sentido e apreciado. O final é um dos mais espetaculares que já vi. Não por acabar de uma maneira incrivelmente surpreendente, mas sim por acabar na hora exata. Juro. EXATA! O filme acaba e você ainda não consegue respirar tamanha a emoção. Whiplash te ensina que, não importa os obstáculos, você deve sempre correr atrás daquilo que deseja e que "só os fortes sobrevivem no final". ASSISTAM!

3 comentários:

  1. Com certeza esse é um filme que eu amaria ver. Primeiro que amo música e segundo que amo histórias emocionantes e de superação. E esse filme tem os dois. Pode não ter nada que ver uma história com a outra, mas esse filme me lembrou muito "O som do coração" que também engloba música e superação.
    Beijos!
    Monólogo de Julieta

    ResponderExcluir
  2. Oi Gabriel!

    Não é exatamente o tipo de filme que curto muito, mas pela indicação ao Oscar e a mensagem que você diz passar, me pareceu ser bem interessante.
    Não sou muito de assistir filmes de drama, mas às vezes me arrisco a assistir algum...
    De qualquer forma, me pareceu uma ótima dica ;)

    Abraços,
    Daisy
    http://nuvemdeletras.com

    ResponderExcluir
  3. Oi Gabriel... ah saudades dos filmes indicados!!
    Bom conforme ia lendo a sua resenha minha respiração ia embora... senti meu estômago torcer... kkkkk quando vi o trailer tive certeza absoluta que esse filme eu tenho que assistir parece muito bom... mas aquele tapa... aff que vontade eu tive de revidar por ele rsrsrs... enfim gostei muito da indicação... Xero!!!!

    ResponderExcluir

Heey!

Agradecemos pela visita. O que achou do post? Compartilha sua opinião conosco. Obrigado :)

Eu vivo lendo. Todos os direitos reservados.©
Design e codificação por Sofisticado Design