Resenha - O Projeto Rosie - Graeme Simsion

Olá leitores, tudo bem? Hoje apresento para vocês a resenha de um livro bastante diferente e interessante. Vamos conferir!

ESTÁ RESENHA CONTÉM SPOILERS.

"Um dos personagens mais envolventes, charmosos e fascinantes dos tempos recentes." Times


Título: O Projeto Rosie
Referencial de Páginas: 320
Autor (a): Graeme Simsion
ISBN: 9788501402219
Editora: Galera Record
Gênero: Romance/Chick-Lit
Ano de Publicação: 2013

Avaliação:

Capa: 5/5
Diagramação: 5/5
Obra Completa: 3,5/5 (Bom)



Don Tillman é um professor universitário de genética, tem 39 anos, um corpo que, de acordo com as mulheres, está no padrão certo, uma rotina extremamente organizada e controlada, mas. Cadê o amor?

Afim, de solucionar esse problema, Don cria o Projeto Esposa. O projeto consiste em diversas perguntas com diferentes temas, na qual mulheres vão respondendo essas perguntas e Don tenta encontrar a esposa perfeita, que é aquela que responde tudo aquilo que ele acha certo. Depois de inúmeras tentativas e "entrevistas" que deram errado, Don pensa em desistir do questionário, e passar o resto da sua vida sozinho, até que surge Rosie e tudo muda.

Pipoca de Sexta #29 - Até Que a Sorte nos Separe 2

Olá leitores, tudo bem? Hoje vocês irão conferir a resenha de um filme que infelizmente me decepcionou bastante. Vamos lá!

Confira a resenha do primeiro filme AQUI!

Título: Até que A sorte nos Separe 2
Elenco: Leandro Hassum, Camila Morgado, Kiko Mascarenhas...
Distribuidora: Downtown Filmes
Gênero: Comédia
Ano de Lançamento: 2013
Nacionalidade: Brasil
Classificação Indicativa: 12 Anos
Direção: Roberto Santucci

Avaliação:

Personagens: 4/5
Trilha Sonora: 4,5/5
Obra Completa: 3/5 (Bom)


Sinopse: Três anos depois, Tino e Jane estão mais uma vez em dificuldades financeiras. O saldo bancário do casal é salvo graças ao inesperado falecimento de tio Olavinho, que deixou uma herança de R$ 100 milhões a ser dividida igualmente entre Jane e sua mãe, Estela. Como o último desejo do tio foi que suas cinzas sejam jogadas no Grand Canyon, Tino aproveita para levar a esposa e dois de seus filhos para conhecer Las Vegas. Entretanto, ele se empolga com a jogatina de um cassino e perde todo o dinheiro ganho por Jane na mesa de pôquer. Para piorar a situação, ainda fica devendo US$ 10 milhões a um capanga da máfia, que deseja receber o dinheiro a todo custo.


Depois de falir Tino e Jane estão morando em um apartamento apertado na periferia, e estão dispostos a tudo para conseguir dinheiro, até que um dia um advogado visita a família e conta a eles que o tio de Jane, Olavo, morreu e deixou uma "pequena" herança de 50 milhões de dólares para o casal. Obviamente isso é uma fortuna, certo? Não para Tino.

A família decide fazer uma viagem a Las Vegas para comemorar mais essa vitória, mas lá Tino entra em uma enrascada ao subir para o andar dos jogadores de pôquer profissionais, onde 50 mil são apostados a cada minuto e ao jogar com sósias de: Oprah, Stallone e também um traficante internacional, ele se depara com a pobreza novamente, e o pior, é que descobre que sua conta está zerada e ainda deve 10 milhões para a máfia Mexicana. O que Tino vai fazer? Será que Jane o perdoará novamente? Será que a máfia deixará Tino em paz?

Falando Sobre: Séries de TV - Com Convidados!

Olá pessoal, tudo bem? Hoje estou aqui para falar de um assunto muito recomendado e pedido por todos os leitores do blog, que são as séries de TV. Chamei alguns amigos blogueiros, e outros internautas, para contar pra gente suas séries preferidas e dar dicas de novas séries para assistirmos. Vamos conferir?

Saiba mais sobre as séries citadas: Reign, Once Upon a Time, Game of Thrones, Revenge, Grimm.

Natalia Leal - Páginas Encantadas: Convidada


Desde pequena gosto de contos de fadas e não foi a minha idade ou o aumento dela que foi capaz de mudar isso. Grimm é a minha série favorita por saber misturar contos de fadas, fatos reais, policial, suspense e (só um pouquinho!) terror na medida certa. 
 São basicamente, os elementos que eu mais curto nos seriados que assisto e essa série tem todos eles juntos, o que me satisfaz bastante. 

Amanda Chris - Internauta: Convidada

Sempre que me perguntam qual é a minha série favorita, eu logo respondo: "Reign". Poderia dar mil e uma razões por essa resposta, mas posso apenas dizer que ela é simplesmente perfeita! Sou fascinada por histórias de época e por triângulos amorosos, isso certamente contribui para o meu amor incondicional por ela. 
 É o tipo de série que nos prende desde o primeiro episódio e que te faz querer cada vez mais. Vale à pena assisti-lá.

Thyago Lovegood - Leitores Anônimos: Convidado


Assisto Revenge desde sempre. Nunca perdi um episódio. Gosto de Revenge porque a série te prende, mesmo quando a episódios fracos, você fica persuadido para assistir. Revenge conta a história de Amanda Clarke, uma jovem que perdeu praticamente uma vida e seu pai, e no decorrer da estória, Amanda pretende se vingar. Esse é o resumo do resumo. Recomendo!

Raquel Rodrigues - Internauta: Convidada

Sem duvida nenhuma Game of Thrones. Essa série me cativou do inicio ao fim. E o que a faz ser a minha preferida? Ora...tudo nela, é uma serie muito bem trabalhada. Passa-se em uma época medieval onde a uma batalha para conseguir o comando de Westeros (reino). A cada episódio á uma surpresa ou descoberta, com muito suspense no ar, vários conflitos, não da para saber o que pode realmente acontecer com o personagem e isso é demais. Ninguém é o mocinho ou vilão, qual quer um pode morrer ou ter um destino pior que a morte! Essa serie é adaptação da serie literária: As crônicas de gelo e fogo, eu já li, não tudo, mas amo as duas, tanto a série de TV, quanto aos livros. Nela percebe-se até onde o ser humano vai para obter poder! Recomendo.

Série que eu recomendo.

Depois de tantas recomendações, chegou minha vez de contar para vocês, qual é a minha série preferida. Once Upon a Time sem dúvida ocupa o posto de melhor série! Toda a temática de contos de fadas misturado com realidade é muito original e fascinante, instiga o telespectador a cada episódio. Assistam!

A Arte de Viver é Debater #1 - Layouts

Olá pessoal, tudo bem? Hoje é dia de estreia aqui no blog. Apresento com muito orgulho a mais nova coluna do blog. Vamos conferir!

Nesta coluna, irei trabalhar com perguntas e suas respectivas respostas, tratando de tirar dúvidas e debater sobre diferentes assuntos.


Acredito, que podemos igualar o layout ao traje que usamos em determinadas ocasiões. Você já foi para uma festa com bermuda e camiseta ou regata e short? Se sua resposta é não, então, é óbvio, que você se arruma. Com o layout é a mesma coisa.

O layout é o visual do blog, é aquilo que irá apresentar o seu blog, e o perfil do mesmo para seus leitores. Então, é implícito que o visual do blog deve ser levado a sério. Eu só não concordo, na maneira que ele é exigido.

Vou debater agora esse assunto com vocês, através de 3 perguntas criadas por mim. 

1: Estou sem dinheiro, o que faço?

Eu recomendo baixar um layout grátis (um bom layout), até que você possa mandar fazer algo do seu jeito, e como goste. O maior erro de vários blogs iniciantes, é a falta de senso. Já vi blogs que falavam sobre filmes, com um layout de esportes... Noção. Cadê você? Então baixe algo prático, bonito e ao mesmo tempo, que faça jus ao seu blog.

2: Como escolher o layout perfeito?

Como todos sabem, eu acabei de instalar um novo layout para o blog, esse processo, apesar de ser legal, não é nada fácil. Converse com o design que está desenvolvendo o layout para você. Diga seus gostos, cores preferidas, comidas preferidas, filmes que gosta. Acredite em mim, isso influência.

3: Criei o blog ontem, já preciso ter um bom layout?

Não, é claro que não. Primeiramente, você deve desenvolver o seu blog e depois se preocupar com o visual. Acumule seguidores, leitores fiéis, parcerias, organização, depois vá pensar no layout. Siga esta dica e seja feliz.

Antes de encerrar esse post, quero dizer para todos vocês, que não devem se esquecer que o layout não é o mais importante, e sim a organização e comprometimento. Beijos e Abraços!

Resenha - Correr ou Morrer (Maze Runner #1) - James Dashner

Olá pessoal, como vão? Hoje estou aqui para compartilhar com vocês a minha opinião sobre um livro que me deixou de boca aberta. Vamos conferir!

PS: Agradeço a todos pelo sucesso da resenha de Quem é você, Alasca? Que foi uma das mais vistas do blog até hoje. Thank You :)

Título: Correr ou Morrer
Referencial de Páginas: 428
Autor (a): James Dashner
ISBN:  9788576832478
Editora: V e R
Gênero: Distopia
Ano de Publicação: 2010

Avaliação:

Capa: 5/5
Diagramação: 5/5
Livro Todo: 4,5/5 (Favorito)


Uma aventura que merece ser lida por todos!

Um dia, Thomas, um garoto como qualquer outro, acorda dentro de um elevador, apenas com a lembrança de seu nome. Mas, é válido dizer, que ele não está só.

Logo após a abertura da porta do elevador, Thomas se vê cercado por garotos. Apenas garotos. Eles o acolhem, e mostram para Thomas a Clareira, um lugar completamente cercado por muros, que todos chamam de "Labirinto". Thomas não sabe como foi parar naquele local e nem quem o colocou ali, assim como todos os outros. Sabe-se apenas que todos os dias os muros se movem e se fecham, e todo mês um novo garoto chega ao elevador. Até que a rotina deles é alterada, pois um dia após a chegada de Thomas, uma garota é enviada para a Clareira, à primeira garota. O que será que isso quer dizer? Por que ela carrega na mão, um bilhete dizendo: Tudo vai mudar? Thomas vai conseguir sair daquele lugar com vida?

Opinião:

Li esse livro por indicação de um amigo, e também porque o filme está quase chegando ás telas de cinema e posso dizer a vocês que foi uma das melhores escolhas que fiz na vida. Correr ou Morrer foi o terceiro livro lido esse ano e até agora, o melhor deles.

James Dashner, um nome totalmente desconhecido para mim, se tornou um dos meus autores preferidos e já tem o apelido de "Mestre da Dor". Legal, não? Com uma narrativa envolvente e alucinante, Dashner consegue transportar seu leitor para outras dimensões, onde é possível se sentir de várias maneiras ao longo da leitura. A respiração é algo que você vai sentir saudades, pois quando começa a ler Correr ou Morrer não tem fôlego para nada, é simplesmente incrível.

Os personagens são marcantes, apesar de irritarem de vez em quando. Você já leu algum livro com um protagonista intragável? Pois é. No começo de Correr ou Morrer eu não estava suportando o Thomas e todas as suas tiradas com seu amigo Chuck (que deveria ser protagonista) mas, com o tempo você vai aprendendo a gostar do protagonista, e tudo fica bem. 

O único defeito do livro, que me fez retirar 0,5 estrelas da nota total, foi o simples fato de que ao longo da leitura o leitor vai se cansando de todo aquele mistério e reviravoltas, e começa a pedir por explicações ou acontecimentos que desencadeiem algo maior, mas isso não acontece tão cedo, então isso causa certa agonia e aflição, que pode fazer com que o interesse pelo livro vá caindo aos poucos mas isso é uma coisa mínima para toda a grandiosidade do livro.

O que falar da edição? Correr ou Morrer foi presenteado com uma belíssima edição. A capa é toda trabalhada a mão, o que se percebe facilmente. As folhas são amareladas e com uma fonte extremamente confortável aos olhos, o livro vai se tornando um objetivo de apreço e cuidado. 

Ao fechar o livro fiquei com aquele gostinho de quero mais, e posso dizer a todos que o final é: PERFEITO! Pelo amor de Deus, vá ler logo esse livro, e depois me conte o que achou. Beijos e Abraços!

PS: Os quotes possuem spoilers!

Quotes:

"- Ela é gostosa?
Thomas parou. Não tinha pensando nela daquele jeito desde que enlouquecera, entregava o bilhete e pronunciara a sua única fala: "Tudo vai mudar". Mas lembrava-se de como era bonita.
- É... acho que é gostosa."

"Thomas tentou engolir, mas a sua boca estava seca demais. Newt correu até ela e abriu-lhe os dedos, agarrando o papel. Com as mãos trêmulas o desdobrou, depois caiu de joelhos, abrindo o bilhete no chão. Thomas aproximou-se dele por trás e deu uma olhada.
Rabiscadas no papel em grossas letras pretas viam-se quatro palavras.
Ela é a última."

Vivendo e Atualizando #8

Olá pessoal, tudo bem? Esse mês está bastante recheado de novidades no mundo do entretenimento e estou louco para contar todas elas para vocês. Confiram o mais novo post do blog!

Escritora Bruna Vieira lança novo livro. Rihanna faz participação em nova música de Shakira e Jennifer Lawrence é o destaque do Globo de Ouro 2014.




Livros:

 1 - Escritora e Blogueira Bruna Vieira lança novo livro.



Bruna Vieira ficou famosa após lançar o livro Depois dos Quinze, que foi um verdadeiro sucesso. Esse mês foi revelada a capa e o título do novo livro da escritora. O que vocês acharam? Como os outros livros da autora, esse será mais uma crônica sobre sua vida e nele ela mostrará que os quinze anos estão ficando para trás.





 2 - A capa de "City of Heavenly Fire" é revelada.


Depois de várias fan-arts. Finalmente a capa de Cidade do Fogo Celestial foi revelada e fãs do mundo todo ficaram eufóricos com a novidade. Esse é o sexto e último livro da série Instrumentos Mortais, que é sucesso no mundo todo.






 3 - Depois de mais de 1 ano editora Novo Conceito lança Enders.


Finalmente! Enders, a continuação de Starters foi lançada no Brasil, e milhares de leitores que esperavam por essa continuação, estão loucos para colocar as mãos no livro que ainda não foi disponibilizado nas livrarias.






Música:

  1 - Shakira lança novo single com participação de Rihanna.

Depois de muita curiosidade por parte de milhares de pessoas, Shakira já disponibilizou sua nova música "single", com participação da cantora Rihanna. Já perto do seu lançamento, a música foi uma das 10 mais pedidas nas rádios americanas. Isso é, ou não é poder? Confira o áudio!




 2 - Lea Michele lança "Cannonball" sua nova música.

A atriz da série "Glee", divulgou o clipe da sua nova música "Cannonball". No clipe, Lea está cantando em um galpão abandonado totalmente só. A música fala sobre uma garota indecisa, que cansou de se esconder de tudo. Confira o clipe!







Cinema: 

1 - Jennifer Lawrence chama atenção no Globo de Ouro 2013.


Atrizes de longa data compareceram ao Globo de Ouro 2013, mas quem teve todo o destaque foi Jennifer Lawrence, a nova "queridinha" de Hollywood. A atriz chegou com um vestido que divide gostos e logo depois fez uma careta impagável para as câmeras. Ela não tem jeito, não é?





2 - A Menina que Roubava Livros vaza na internet.

Antes do seu lançamento nos cinemas do Brasil, a adaptação: A Menina que Roubava Livros, vazou na internet e já são calculados prejuízos à fornecedora do filme, no Brasil. Muitas pessoas estão dizendo que o vazamento do filme, foi devido a demora para o lançamento dele, aqui no Brasil. Será?






Foi isso pessoal. Gostaram das novidades?

Novo Layout e Mudanças!

Olá pessoal, tudo bem? Hoje falarei um pouco sobre o novo layout do blog, que como vocês podem ver já foi instalado. Mudanças ocorrerão no blog e contarei para vocês algumas delas. Vamos lá!



Finalmente o novo layout do blog foi instalado e quem o fez foi minha querida amiga Letícia, do ilustre blog O Dom da Escrita. Foram várias tentativas, acertos e erros e finalmente depois de muito trabalho o Layout ficou exatamente como eu queria, com uma cara teen só que profissional. Espero que tenham gostado!

Mudanças:

Depois de inúmeros emails de blogs, editoras e autores independentes querendo parceria, tenho o prazer de informar que a Política de Parceria do blog já está pronta e lá vocês poderão se inscrever, além de tirar todas as dúvidas.

Surgirão novas colunas no blog, como uma de séries e daqui algumas semanas as vagas para resenhistas serão abertas.

Foi isso pessoal, espero que tenham gostado do novo visual do blog.

Pipoca de Sexta #28 - A Vida Secreta de Walter Mitty

Olá leitores, tudo bem? Na primeira Pipoca de Sexta do ano resolvi falar de um filme que assisti recentemente no cinema e achei incrível. Vamos conferir!


AVISO: Está resenha pode conter alguns spoilers!


Título: A Vida Secreta de Walter Mitty
Elenco: Ben Stiller, Kristen Wiig, Shirley McLaine.
Distribuidora: FOX FILMES
Gênero: Aventura
Ano de Lançamento: 2013
Nacionalidade: EUA
Classificação Indicativa: 10 Anos
Direção: Ben Stiller

Avaliação:

Personagens: 4/5
Trilha Sonora: 5/5
Filme em Geral: 4/5




Sinopse: Walter Mitty é o responsável pelo departamento de arquivo e revelação de fotografias da tradicional revista Life. Ele é um homem tímido, levando uma vida simples, perdido em seus sonhos. Ao receber um pacote com negativos do importante fotógrafo Sean O'Connell, ele percebe que está faltando uma foto. O problema é que trata-se justamente da foto escolhida para ser a capa da última edição da revista. É quando, Walter, com o apoio de Cheryl é obrigado a embarcar em uma verdadeira aventura.




Esplêndido e Inspirador

Walter Mitty é um dos inúmeros funcionários de uma famosa revista chamada "Life". Seu departamento é o de fotografias e apesar de ser um homem tímido pouco sociável é sonhador e vive criando situações hilárias e magníficas em sua mente, julgada por muitos "louca". Um dia recebe um negativo para a última capa da revista "Life", que terá sua versão publicada extinta e migrará para online mas por ironia do destino, ou quem sabe não, Walter não consegue achar a foto e se vê em uma enrascada em meio a pressão dos chefes e da sua própria cabeça.


Meu ingresso (pobre paga meia).
Determinado a encontrar a foto, ele decide investigar seu paradeiro e descobre que a coisa é bem mais complicado do que parece. Uma ajudinha inesperada pode ser tudo o que Walter precisava. Cherly, sua companheira de trabalho e também paixão escondida, decide dar uma pequena ajuda a Walter, como palpites para o paradeiro da foto e com isso ele começa a desabrochar e toma um atitude inesperada,viaja para "Groenlândia", para tentar encontrar a foto. Em meio ao seu amor e sua constante busca por aventuras, Walter começa a enxergar o verdadeiro significado da vida e ver que até as pequenas coisas podem fazer uma enorme diferença.

Opinião:


Fazia tempo que eu não assistia algo tão bom. A Vida Secreta de Walter Mitty não era a minha primeira opção no cinema mas devido a elogios e ao trailer, quis conferir e posso dizer que. "Estou me sentindo infinito".

Walter e a torta de sua mãe.
Nunca gostei de Ben Stiller, sempre achei suas atuações fracas, bobas e muito na base do improviso mas com esse filme ele me fez mudar o pensamento. O mais legal de tudo é que, além de protagonista, ele também é o diretor do filme. Curioso não? Encarnando um papel visto como difícil por grandes nomes do cinema, Stiller consegue dar voz e conteúdo ao seu personagem e agradar a todos com o seu jeito confuso e sonhador.

Walter sonhador e seu grande amor.
O ambiente em que o filme se passa também merece destaque. Ao viajar para "Groenlândia", Walter descobre grandes vulcões e mares enfurecidos, em meio a tudo isso o telespectador é presenteado com a bela fotografia do filme e a perfeita retratação de todo o núcleo em que Walter está inserido. Parques, prédios e até pessoas, são focadas e trabalhadas de um jeito magistral. Repetindo o que escutei de uma menina super simpática no cinema: "A fotografia desse filme é melhor que a estória em si".


Walter nas montanhas.
E como todo bom filme, as referências para clássicos de época sejam elas musicais ou visuais não estão de fora. Desde Dumbledore até Beatles. Banquete de sucessos? Eu diria que não chega a tanto mas posso garantir a vocês, que ao término do filme o telespectador fica louco para pesquisar um pouco sobre todas as referências (pelo menos eu fiquei).


Walter e a Vovó.

Aconteceu também uma identificação da minha parte com Walter. Sonhador e Nerd é como meus amigos me definem e o protagonista dessa estória consegue ser isso e algumas coisas mais. Além disso, o seu romance com Cherly é algo a admirar, por ser tão bonito, puro e burro (com o perdão da palavra). Também sou um colecionador de ratas amorosas.


Todo homem tem seu grande amor.
Em quesito trilha sonora, as tão famosas 5 estrelas dos diretores de Hollywood ficam no chinelo. Walter Mitty pode ser classificado como um: 6,7,8. quem sabe 10 estrelas. Encaixar músicas boas em momentos apropriados é algo que alguns filmes não conseguem fazer mas com toda a certeza, A Vida Secreta de Walter Mitty, fez isso com folga. 

Walter pulando no mar com tubarões
Não vejo mais necessidade de prolongar está resenha. Esse foi um dos filmes de significado mais puro, pessoal, intelectual e bonito que já assisti e posso recomendá-lo a todos vocês mas principalmente para os amantes de coisas boas (que são todos aqui). Assistam!

                                                                                    Trailer:




                     

As 6 Melhores Músicas de 2013

Olá leitores, tudo bem? Hoje estou aqui para contar a vocês as músicas que mais gostei no ano de 2013. Vamos conferir!


As top 2013:

6 - Let me Go: Avril Lavigne



Avril Lavigne voltou com tudo. Seu novo CD e o single "Let me Go", foi um sucesso absoluto. A música chegou no top #100 da Billboard e ganhou certificação de bronze por sucesso de vendas, com isso trouxe a tona todo o talento dessa linda cantora e mostrou a beleza dessa música. que toca no coração de quem a escuta. Confira o clipe!

5 - Burn: Ellie Goulding



A namorada de Calvin Harris, a cantora Inglesa Ellie Goulding, emplacou um Hit nos topos da parada de sucesso. "Burn" a música que fala sobre Queimar e Destruir, chegou a ofuscar o sucesso de grandes estrelas como Madonna e ganhou prêmios da Vevo por visualizações do clipe de sua música no Youtube. Eu particularmente estou viciado na música e todos os dias ela toca no meu celular. Confira o clipe!

4 - Wrecking Ball: Miley Cyrus



Quem aí, não ficou chocado com a mudança da cantora Miley Cyrus? Passou de Hannah Montana para uma garota denominada como vulgar por alguns e sexy por outros... A música da cantora que está inserida no álbum Bangers, bateu record pois atingiu 12,3 milhões de visualizações em apenas um dia, o record anterior era da banda "One Direction". Não discordo que a música é polêmica mas também não discuto que é boa. Confira o clipe!

3 - Wake Me Up: Avicii



Creio que quem não ouviu "Wake Me Up", do cantor Avicii, está bem desatualizado. O hit do álbum "True", conseguiu quebrar tabus e bater incríveis recordes e estava sendo tocada em todas as rádios possíveis. Confira o clipe!

2 - Mirrors: Justin Timberlake



Com toda a certeza, essa foi uma das músicas que mais me agradaram em 2013. Justin Timberlake inovou com "Mirrors", que tem sua letra base por um amor incondicional e desesperador e possui uma batida inconfundível e dançante. Confira o clipe!

1 - Roar: Katy Perry



E, o primeiro lugar vai para "Roar". O single do álbum "Prism" da cantora Katy Perry, ficou por 4 semanas em #1 na Billboard, além de estar até hoje no top #10 do site. Katy Perry fala de um rugido que deve ser ouvido e respeitado e que é uma campeã. Confira o clipe!

Bem pessoal, foi isso! Desculpem-me a demora para postar pois a semana está meio corrida e até o próximo post.

Resenha - Quem é Você, Alasca? - John Green



Título Original: Looking for Alasca

Autor(a): John Green

Editora: Martins Fontes

Preço Médio: 19,90

Gênero: New Adult

Avaliação:

Capa: 4,5/5
Diagramação: 5/5
Livro em Geral: 5/5. Favorito <3





"Talvez, eu tenha lido coisas melhores na minha vida, mas creio que nunca lerei algo mais profundo e sincero do que esse livro" - Autor: EU

Resumo:

Miles Halter é um garoto sozinho e que leva uma vida medíocre. Mora na Flórida e tem como paixão colecionar últimas palavras de pessoas famosas ou até mesmo anônimas. Cansado de tudo isso, Miles decidi entrar em uma escola preparatória no Alabama, para mudar um pouco sua personalidade e sua vida.

Ao chegar na faculdade, o garoto conhece Chip Martin (Coronel), Takumi e a garota mais incrível do mundo, Alasca Young. Após quase ser morto por um trote escolar, a vida de Miles muda totalmente e finalmente ele descobre como é: beijar na boca, beber, fumar e se consagrar um fora da lei universitário. 

Após diversos acontecimentos, Gordo (o apelido que Miles ganhou de Coronel), se vê em uma faculdade maravilhosa que apesar de possuir pessoas medíocres, ricas e mimadas, se torna um dos melhores lugares de sua vida, mas como nada é de graça, ele começa a se apaixonar pela garota inalcançável e misteriosa e se vê em uma situação de total tristeza e confusão.

Opinião:

Sempre costumo dizer, que a cada página aberta, novos mundos e pessoas são apresentados ao leitor e a cada nova descoberta nesse incrível mundo, tudo se clareia e se é ganho um incrível antídoto para a sabedoria e aprendizado. Quem é Você, Alasca? É um exemplo vivo disso.

Quem é Você, Alasca? Tem um ritmo de leitura fácil e fluído. O leitor não percebe o passar das páginas até o momento em que se é visto que o livro já terminou. A explicação para esse ritmo tão acelerado é a inteligência da escrita do autor e personagens carismáticos, misteriosos e excêntricos. Miles, Coronel, Takumi e Alasca são típicos adolescentes entrando na fase adulta, e com eles o leitor aprende o que se passa na cabeça de alguns jovens e lições importantíssimas para toda a vida.

Além disso, senti que nesse livro, John deixou registrado uma espécie de auto-biografia e transmitiu seus sentimentos e até mesmo coisas que já aconteceram na sua vida ao livro. Apesar de Miles ser, na minha percepção, o protagonista da estória, não há dúvidas que quem rouba a cena é Alasca e toda a estória ficar a mercê de seu bom humor e suas loucuras pra lá de sem sentido e inspiradoras. Alasca tem um espírito jovem, irresponsável e inovador e contamina todos a sua volta com o seu jeito de ser, principalmente o leitor.

A perfeição do livro já é algo indiscutível mas como tudo tem um defeito, o que me incomodou neste livro foi a constante ação de fumar, que os personagens exerciam durante a estória. De 5 em 5 páginas ou até menos, um novo cigarro é sacado do masso e isso se torna cansativo para o leitor que apesar de ir se acostumando, nunca deixa de ser perceptivo. As piadas críticas, inteligentes, negras e sarcásticas de Green caíram como uma luva para a estória e o modo como o autor as trabalha através dos personagens é algo que merece reconhecimento.

O uso de metáforas também é presente no livro e principalmente nos trechos que são trabalhados o amor incondicional, e o carinho humano. Tudo isso é muito válido e incrível, mas John também me chamou a atenção por sua intensa pesquisa para compor todo o livro. Ela é bastante visível em trechos que se referem a cultura da Flórida e de países mais afastados como a Índia.

A edição está muito boa. A capa, apesar de belíssima, deixa a desejar no quesito praticidade. Ao colocar a mão sobre ela as digitais do leitor são deixadas na mesma, assim como suor e isso é um pouco incomodo e anti-higiênico.

Houve um determinado momento do livro que um segredo assombroso, triste e ao mesmo tempo incrível foi revelado e o leitor é pego de surpresa e fica tentando imaginar qual será a próxima jogada de Green, que consegue conduzir a obra magistralmente. Quem é Você, Alasca? Com certeza ficará para sempre em meu coração e se consolida o primeiro livro de 2014 e um dos melhores da vida, até agora. Se recomendo? VÁ LER!

Quotes:

"Às vezes perdemos a batalha. Mas a farra sempre ganha a guerra."

"Estou cansado . Eu..." eu disse, então ela me interrompeu.
"Pobrezinho do Gordo. Quer que eu me deite na cama para dormir abraçadinha com você?"
" Não é má ideia..."
"NÃO! LEVANTA! AGORA!"

"Então voltei para o meu quarto e desabei no beliche de baixo, pensando que, se as pessoas fossem chuva, eu seria garoa e ela, um furacão."

"Eu sei que ele me perdoa, assim como eu a perdoo. As últimas palavras de Thomas Edison foram: "O outro lado é muito bonito." Eu não sei onde fica o outro lado, mas acredito que seja em algum lugar e espero que seja bonito."

Até logo!


Eu vivo lendo. Todos os direitos reservados.©
Design e codificação por Sofisticado Design