Resenha: É Agora... Ou Nunca - Marian Keyes

17 de novembro de 2014

Eai leitores, tudo bem? Vamos começar a semana bem? Nada melhor que falar de livro bom, por isso, hoje é dia de Marian Keyes. Let's go!

"Marian Keyes alcançou o sucesso com romances que satirizam as inseguranças e desventuras da mulher moderna... Graças a seu humor, ela passa longe do tom boboca."

                                                             Revista Veja



Título: É Agora...Ou Nunca  
Título Original: Last Chance Saloon
Páginas: 588
Autor(a): Marian Keyes
Editora: Bertrand Brasil
Gênero: Chick-Lit
Ano de Publicação: 2012

Avaliação:

Capa: 5/5
Diagramação: 4/5
Obra Completa: 4,5/5
                            
                     



Sinopse: Tara, Katherine e Fintan são amigos inseparáveis. Nascidos no interior da Irlanda, partiram juntos para Londres e se deram muito bem profissionalmente, pelo menos. Pois, nas grandes cidades, o mercado amoroso está saturadíssimo! E os corações dos três, todos na faixa dos trinta e poucos anos, podem não agüentar: o de Tara já se partiu, o de Katherine está prestes congelar e o de Fintan pode até parar de bater. É chegada então a hora de gritar por mudanças... ou calar-se para sempre! Neste É Agora... ou Nunca, de Marian Keys, a irlandesa que conquistou o mundo com Melancia, Férias!, Sushi e Casório?!, o destino entrará em cena sem pedir licença, mudando as vidas dos três amigos de forma totalmente inesperada... e muito divertida! Tara namora Thomas há dois anos, mas o relacionamento é, digamos assim, morno... frio... gelado, mesmo: o sexo do casal é como Papai Noel, que não existe, mas, se você tiver muita fé, aparece, todo coberto de neve, uma vez por ano. Thomas, ainda por cima, é um pé-rapado que vive comprando presentes ridículos para a namorada - como cremes para as mãos e bolsas de água quente... em promoção. Para piorar, ele ainda tem a coragem de dizer que Tara está gorda - só porque seu manequim pulou de 42 para 50!

Resumo:


É muito difícil cultivar uma amizade de anos. Mas, para: Tara, Katherine e Fintan, isso já é costume. Os três nasceram no interior da Irlanda (se tratando de Marian Keyes, tudo envolve Irlanda). Até que, pensando no futuro e na curtição, decidiram se mudar para Londres e movimentar um pouco suas vidas. Deu-se certo? Os três possuem empregos maravilhosos e vidas profissionais invejáveis.

O único problema desses amigos é algo que atingi a maioria das pessoas. O Amor. Eles já partiram seus corações milhares de vezes e parece que nunca é o suficiente. Já estão cansados e pensando em desistir de vez desse sentimento tão complicado. 

Tara está gorda e infeliz. Seu marido a trata mal e a cada três palavras que pronuncia duas são para ofendê-la. Ela está cansada e querendo mudança.

Katherine é zoada por todos os seus colegas de trabalho. O motivo? Ela é taxada como seca e sem sentimentos. Arrancar um sorriso de Katherine é mais difícil do que Katy Perry ganhar um grammy (shashashasha).

Fintan é gay, mas quem disse que isso o salva das desilusões amorosas? Para piorar sua vida, ele descobre que está com câncer... A coisa tá feia.
Eai. Será que esses três vão conseguir se virar? É agora... Ou Nunca

Opinião:


Sou meio suspeito para falar de qualquer coisa da Marian Keyes. Adoro a autora! Ela tem um talento especial, pois além de te fazer rir, ela sabe trabalhar com personagens diferentes e usar o drama a seu favor. É Agora... Ou Nunca mostrou isso claramente. Em minha opinião, um dos melhores dela até agora!

Aqui temos três protagonistas. E acreditem, eles se metem em confusões dignas de Oscar. Como sempre, me identifiquei mais com dois personagens e a outra ficou pra escanteio; Tara é engraçada e, ao mesmo tempo, tem o poder de irritar. Convive com seu namorado que a trata mal e, mesmo assim, ela se sente culpada em se quer pensar em largá-lo. Mas, senti que a autora quis mostrar um lado da sociedade. Realmente as coisas são assim na maioria das vezes. Fintan é o gay mais macho que já vi (kkkkk). O cara é doidão, de verdade.

"- Não sei por que falam tanto de fruto proibido - reclamou. - Fruta é a única coisa que NÃO é proibida."

O livro não tem história, ele tem personagens. Os personagens mandam em tudo e, ao decorrer do tempo, uma história é criada para encaixá-los. Nos livros da Marian nunca será: assim, assim e assim. Não existe linha do tempo. Tudo é uma bagunça. Uma bagunça maravilhosa!

Dessa vez a autora trabalhou com o drama de um modo que eu não estava costumado a ver (já li oito livros dela). Fintan descobre que tem câncer em um momento do livro e eu fiquei com medo do que ela poderia fazer. Ela não só trabalho o câncer dele com naturalidade e destreza, mas mostrou como a união é importante nesses momentos. Esse livro possui partes extremamente tristes.

"Katherine ficou feliz ao ouvir Tara comparar Thomas a um membro gangrenado. Claro que isso era uma terrível ofensa aos membros gangrenados, mas representava algum progresso."

Gabriel e a comédia? Sinceramente... Não é tanta. Confesso que me decepcionei um pouco nesse quesito, pois esperava um livro engraçado a todo o momento, porém o leitor não irá encontrar isso aqui. Então, se você quer ler algo engraçado da Marian, sugiro que não leia esse livro por enquanto.

O final me destruiu! Marian Keyes é uma escritora sem frescuras. Quando é preciso matar ela mata, não tem essa de ficar enrolando. Pensei noventa finais pra esse livro, mas ele acabou de uma maneira totalmente diferente. Um dos finais mais engraçados e irônicos que já li.

"Uma mulher com um grande corpo era uma coisa, mas uma mulher com um grande corpo e um grande carro, isso eram outros quinhentos..."

Sobre a edição, não tenho tanto o que falar. Como sempre, o trabalho de design da editora está impecável. A capa segue o mesmo padrão dos livros anteriores da autora e, é quase a minha preferida. Senti um pouco de desleixo com a correção em alguns momentos e a letra hora estava forte, hora estava fraca. Isso dificultou um pouco à leitura. Mas, é uma boa edição.

Não sei mais o que falar sobre esse livro. É Agora... Ou Nunca mostra ao leitor o poder da escrita e da narrativa de Marian Keyes. Com personagens estreitamente relacionados e situações tristes e polêmicas, ela consegue te transportar para o mundo dela. Um mundo onde sanduíche com pasta de amendoim é ostentação (hehehe). LEIA, LEIA, LEIA E LEIA!

12 comentários:

  1. Oi Gabriel! (:
    ai eu amei esse livro, até hoje penso nele haha
    é um dos meus preferidos da autora também <3

    beijos,
    Guerra de Almofada

    ResponderExcluir
  2. Nunca li nada da autora, nem tinha muito interesse...confesso! Mas depois da sua resenha, meu conceito mudou um pouco. Ai... acredito que seja uma boa autora, com ótimo livro. Pena que a parte do humor lhe incomodou um pouco. :(
    Beijos!
    Monólogo de Julieta

    ResponderExcluir
  3. Gabriel,

    Eu tb amo Marian Keyes e estou surpresa pela ausência de comédia e temerosa com o final! Mas é um dos poucos livros dela que eu ainda não li, então vou me arriscar! Xd

    Bjs, Michele

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  4. OI GABRIEL, ADOREI TUA RESENHA, SABE Q JÁ TINHA OUVIDO FALAR DE "MARIAN KEYES" MAS NUNCA ME DEU VONTADE DE LER SEUS LIVROS, MAS VC ME DEIXOU MUITO CURIOSA, VOU PROCURAR O LIVRO NA BIBLIOTECA DO SESI P/ LER , GOSTEI MUITO DA HISTÓRIA DE TARA , KATHERINE E FINTAN E DE SEUS RELACIONAMENTOS MEIO Q ESTRANHOS, PARABÉNS GABRIEL, CONTINUE , MUITO BOM ,BJOS

    ResponderExcluir
  5. Eu tenho muita curiosidade de ler algum livro dessa autora. Pretendo ler ano que vem. Boa resenha.

    http://criativare-leitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Tenho curiosidade de ler algo da autora, mas confesso que tenho pé atras. Curti sua resenha, se pá em 2015 saio do 0
    http://contodeumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oláá
    Como você, sou bem suspeita para falar da autora haha super fã.
    Já li quase todos dela, mas esse ainda não, porém, já o tenho e quero ler em breve. Espero gostar tanto quanto os outros.
    Linda resenha viu? Adorei

    Beijão
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/2014/11/resenha-reiniciados-teri-terry.html

    ResponderExcluir
  8. "uma bagunça maravilhosa", "o gay mais macho que já conheceu" - caracas! essa autora deve ser mesmo muito da hora. quero ler (Marian Keyes)! bela resenha, bem simpática e divertida. parabéns, biel!

    gabryel fellipe

    ResponderExcluir
  9. Sou apaixonada por chick-lit, mas ainda não li nenhum livro da Keyes, mas tenho muita vontade, que foi aumentada por vc. Parabéns pela resenha.
    Bjs
    Amanda Nery
    www.leituraentreamigas.com.br

    ResponderExcluir
  10. Ainda não li nada da autora, mas vejo tantos elogios que vontade não falta, quero incluir alguns na meta de 2015.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  11. Nossa, coitados desses três protagonistas, que situações! hahaha
    Ainda não li nada da autora, mas parece ser muito boa!!
    Adorei a resenha!
    Beijos, Lerissa K. xD
    lerissakunzler.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oi, tudo bem?

    Eu ainda não li este livro, mas quero muito ler e depois começar a assistir a série.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Heey!

Agradecemos pela visita. O que achou do post? Compartilha sua opinião conosco. Obrigado :)
















EU VIVO LENDO. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.
DESIGN E DESENVOLVIDO POR SOFISTICADO DESIGN