Resenha: Prova de Fogo - James Dashner

29 de agosto de 2014

Olá pessoal, tudo bem? Hoje é dia de resenha e o livro da vez é uma continuação de série. Maze Runner é a série mais badalada do momento. Vem ver o que achei do 2° livro.

Compre:


Saraiva
Submarino



Título: Prova de Fogo
Título Original: The Scorch Trials
Páginas: 400
Autor(a): James Dashner
Editora: VeR
Gênero: Fantasia
Ano de Publicação: 2012

Avaliação:

Capa: 3,5/5
Diagramação: 5/5
Obra Completa: 3,5/5

Resenha do primeiro livro: aqui!


Sinopse: O Labirinto foi só o começo... o pior está por vir. Depois de superarem os perigos mortais do Labirinto, Thomas e seus amigos acreditam que estão a salvo em uma nova realidade. Mas a aparente tranquilidade é interrompida quando são acordados no meio da noite por gritos lancinantes de criaturas disformes – os Cranks – que ameaçam devorá-los vivos. Atordoados, os Clareanos descobrem que a salvação aparente na verdade pode ser outra armadilha, ainda pior que a Clareira e o Labirinto. E que as coisas não são o que aparentam. 

Para sobreviver nesse mundo hostil, eles terão de fazer uma travessia repleta de provas cruéis em um meio ambiente devastado, sem água, comida ou abrigo. Calor causticante durante o dia, rajadas de vento gélido à noite, desolação e um ar irrespirável – no Deserto do novo mundo até mesmo a chuva é a promessa de uma morte agonizante. Eles, porém, não estão sozinhos – cada passo é espreitado por criaturas famintas e violentas, que atacam sem avisar. 

Manipulação, mentiras e traições cercam o caminho dos Clareanos, mas para Thomas a pior prova será ter de escolher em quem acreditar.

Resumo:

Depois de passar pelo labirinto, Thomas e seus amigos estão ainda mais cheio de perguntas e medo. Todos sabem que não estão 100% a salvos e que a qualquer momento algo pode acontecer. Em uma noite eles são acordados com gritos escandalosos e assustadores e o pior, as pessoas autoras do grito amaçaram comê-los... Realmente a coisa não começou bem.

Thomas descobre, através de uma pessoa (não posso revelar quem) que a única salvação é que eles atravessem um portal e busquem a cura para aquela doença que está acometendo as pessoas. Mas como já se é sabido, não será fácil. Terão que enfrentar dias e mais dias de sofrimento. Sem água, com fome, com dor e  com perigos inimagináveis. Será que eles conseguirão?

Resenha:

Li o primeiro livro dessa série por indicação de amigos e posso dizer que não me arrependi. Iniciei a leitura do segundo com altas expectativas e a certeza de que pelo menos três estrelas ele iria ganhar. Eu estava certo, mas o livro não foi tão bom quanto o primeiro.

Graças aos deuses a maldição do segundo livro não dá o desprazer de sua graça em Prova de Fogo, mas parece que Dashner está ficando confuso. Se você acha que em Correr ou Morrer as perguntas que surgiram em sua cabeça foram insuportavelmente curiosas, digo a vocês que não viram nada. Nesse livro tanta coisa acontece ao mesmo tempo, que você - assim como no primeiro livro - não dá conta de respirar. Meu medo é que o autor se perca no encerramento da trilogia e não dê conta de costurar o enredo.

"Os corpos rígidos oscilavam lentamente, para lá e para cá, sem parar, línguas rosadas saindo de lábios esbranquiçados. Todos mantinham os olhos abertos, o olhar inexpressivo da morte em exibição, inconfundível".


Novos personagens surgiram e, obviamente, entraram para apimentar ainda mais a história. O autor conduz com brilhantismo a trajetória do grupo até o seu destino. Ele aguça a curiosidade do leitor e consegue desenvolver "cliffhangers" geniais a cada término de capítulo. Senti falta apenas de um aprofundamento maior de um determinado personagem que é deveras importante para a história, porém não irei criticar nada, pois não sei se o autor fez isso no 3° e último livro da série. É esperar para ler.

Notei que o autor está criando uma espécie de tabuleiro de xadrez. O leitor é o espectador que não conhece as regras do jogo e Dashner é o jogador que estudou anos para jogadas surpresa. Não sei se estou certo, mas tenho certeza de que todo o mistério que circunda o mundo criado por ele é mais simples do que parece, e é dependente único de artefatos apresentados ao leitor no 1° livro. O autor realmente tem um talento para nos deixar curiosos.
"- Será que isto aqui é muito diferente do que nos fizeram enfrentar no Labirinto? Lá, a gente ficava preso dento de paredes, com tudo o que a gente precisava pra sobreviver. Agora, não temos nada nos prendendo, mas nenhum modo de sobreviver, a não ser se formos para onde nos disseram. Não é uma ironia, ou algo parecido?"
A edição está caprichada. Parece que a editora finalmente desconfiou e revisou melhor o livro, por isso recebe meus comprimentos. O tipo de cada dessa série não é algo que chame tanta atenção, pois demanda uma seriedade maior, mas ainda sim não deixa de ser agradável aos olhos. Uma edição boa para um livro bom.

Maze Runner 2 ou Prova de Fogo é uma continuação que deu certo. O leitor que procura um livro emocionante e cheio de sangue irá desfrutar de toda a obra. O autor está trabalhando com muitos enigmas na história, o que leva a um futuro medo de que nem todos eles sejam resolvidos. Em suma, é um livro bom e que cumpre com o que é prometido. Entreter!

11 comentários:

  1. Oi, Gabriel! Tenho muita vontade de começar a ler essa série, mas acabo esquecendo e deixando de lado quando vou comprar. Espero gostar.

    Beijão

    ResponderExcluir
  2. tua resenha é bem detalhada, muito legal o livro pelo jeito é muito bom, mas eu não gosto muito de triologia, pois quase sempre ñ acho o livro q falta,

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Oii Biel, o livro não me chama muita atenção... Na verdade acho que não fui muito com a cara dessa serie, porém gostei muitíssimo da sua resenha, bem objetiva e detalhada. É legal quando uma série não perde a essência e continua de um jeito bem legal, não é?
    Abraço!
    www.likelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Oiiie to louca pra ler a série, mas como ta bem balada, vou esperar um pouco.
    http://contodeumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oiii, sabe que eu não conhecia esse livro? Fiquei bem curiosa com a sua resenha! :)
    Como sempre, muito bem escrita!

    Eu ainda não li o primeiro volume da série, mas está bem comentado né?
    Já estou dando pulinhos na cadeira de curiosa, hehehe

    Espero que o terceiro seja ainda melhor!
    Eu ODEIO quando começo uma trilogia e os livros começam a decair em qualidade, mas pelo que você escreveu, esse parece não ser o caso :)

    Beijos!
    http://traduzindo-sonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Gostei de saber a sua opinião sobre o livro. Até agora só tinha lido resenha sobre o primeiro. Bom saber que apesar de não superar o anterior, não deixou a desejar. E gostei muito das suas considerações e da comparação com o xadrez. Essa é uma serie que quero ler.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  8. Gostei da resenha Gabriel. Só ouço elogios sobre essa série, mas ela ainda não me despertou aquele interesse, sabe? Com o lançamento do filme, talvez eu mude de opinião. Abraço!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  9. Não conhecia o livro e nem o outro. Mas a capa me chamou mto a atenção.
    A sua resenha também.
    Vou procurar saber mais.

    Beijos
    http://plantaoonline.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Olá Gabriel,

    Gostei muita da sua resenha é o primeira que leio da série, parece legal, dica mais do que anotada...abraço.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi Gabriel, eu já li essa série e gostei muito, não vejo a hora de sair o filme logo rs. Com certeza não é a melhor série de todas mas vale a pena. Mas uma coisa ruim é que chega um momento que a história parece se arrastar. Mas gostei mesmo assim. Parabéns pela resenha.
    Beijo

    www.viagem-imaginaria.blogspot.com

    ResponderExcluir

Heey!

Agradecemos pela visita. O que achou do post? Compartilha sua opinião conosco. Obrigado :)
















EU VIVO LENDO. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.
DESIGN E DESENVOLVIDO POR SOFISTICADO DESIGN