Resenha: Trono de Vidro - Sarah J.Maas

Olá leitores, como vão? Primeiramente quero pedir desculpas a todos, pois não postei Quarta nem Sexta. O motivo? Provas! Estou em uma época muito conturbada da minha vida escolar e não estou com tempo para entrar na internet, mas prometo que essa semana tudo irá se normalizar. Chega de conversa atoa, "bora" pra resenha!

Este livro foi eleito um dos melhores do ano pela: Amazon


Título: Trono de Vidro
Título Original: Throne Of Glass
Páginas: 392
Autor(a) : Sarah J.Maas
Editora: Galera Record
Gênero: YA (Young Adult)
Ano de Publicação: 2013


Avaliação:

Capa: 5/5
Diagramação: 5/5
Obra Completa: 4/5


Celaena Sardothien é uma jovem que está amadurecida pelo tempo e também rancorosa. Depois da perda de seus pais o destino encaminhou-a para as mãos de um famoso assassino de seu reino: Erileia. Nas mãos desse homem ela aprendeu a matar e não ter dó ou compaixão por ninguém. Já adulta a jovem famosa em todo o reino é capturada, devido a uma traição de seus "amigos" e dentro da prisão ela descobre que a vida de um escravo não é nada fácil.

Um dia Celaena recebe uma visita e para a sua surpresa o capitão da guarda real está esperando-a. Chaol é um guarda honesto, que não mede as palavras com assassinos. Ele faz uma proposta tentadora a Celaena. O rei está precisando de um campeão, ou seja, um assassino novo e para descobrir quem é o merecedor de tal "honra" ele decidiu organizar uma competição com 23 assassinos e quem sair vitorioso do jogo ganhará o título de campeão/campeã do rei, mas o melhor disso tudo é que o vencedor ganharia algo que Celaena mais presava: A liberdade.

Opinião:

Trono de Vidro não era um livro que estava na minha lista de desejados desde o seu lançamento, mas com inúmeras resenhas positivas que li e com um impulso útil de alguns amigos, não resisti e comprei o livro. Se me arrependi? Não!

A premissa do livro não é lá muito original, mas os personagens e o ambiente criado pela autora é o que compensa no livro. No início da leitura o leitor pode ficar um pouco decepcionado, pois o ritmo é lento e não instiga quem está lendo a continuar acompanho o desenrolar da trama. Isso muda e, pode acredita, muda da água para o vinho.

Sarah J.Maas fez algo arriscado em seu livro, que não agradou muita gente, mas eu particularmente gostei bastante. Já sabe o que é? Triângulo Amoroso. O leitor fica ciente de que isso irá ocorrer desde o início da história, mas apenas no meio do livro (a partir da página 200) é que as coisas começam a tomar forma e Celaena como a se perguntar. Com quem eu fico? Trabalhar romance em uma plataforma medieval como a de Trono de Vido não é nada fácil, ainda bem que a autora conseguiu cumprir com aquilo que prometeu.

"O Capitão mordeu o pão. Celaena o observava com a cabeça inclinada. Algumas vezes ele sentia que ela o olhava como se Chaol fosse um camundongo e Celaena, um gato. Restava saber quando viria o bote"

Se me pedissem para citar a maior qualidade deste livro eu diria, sem dúvida alguma, a imparcialidade. Em Trono de Vidro ninguém é totalmente bom ou completamente mau. Todos possuem pedaços ruins e bons, assim como nós, seres humanos reais. O fato de a autora ter trabalhado isto nos personagens me agradou muito e creditou uma estrela na avaliação final, sem contar que a protagonista adora ler, detalhe: Ela é uma assassina. Diferente, né?

Algo que me incomodou bastante no livro e que me decepcionou logo de cara, foi o desenvolvimento fraco dos personagens. A autora criou membros e personalidades tão incríveis, mas esqueceu do principal, que é trabalhar a vida de cada um e dizer ao leitor o motivo de estarem ali afinal. Isto é uma pena, mas espero que nos próximos livros ela corrija isso, já que Trono de Vidro é uma série.

"Eu gosto de música - respondeu ela, devagar - porque quando a ouço, eu... eu me perco dentro de mim mesma, se é que isso faz sentido. Eu me torno vazia e cheia ao mesmo tempo e consigo sentir a terra inteira se agitar ao meu redor. Quando toco, não sou... pelo menos uma vez, não estou destruindo. Estou criando."

O que falar sobre a edição? Está sensacional! A diagramação está impecável e, além disso, a editora obteve um cuidado incrível com o seu leitor, pois não encontrei erros de gramática hora alguma em minha leitura, o que está ficando cada vez mais raro no que diz respeito a obras literárias. A capa é um espetáculo a parte e algo bastante curioso é que o vestido, que a protagonista usa na parte de trás do livro é o mesmo que ela está usando em certo momento da história. Isso instiga a imaginação, acredite!

" - Aprender a perder com graciosidade não foi parte de seu treinamento?
   - Não - respondeu Celaena, com amargura - Arobynnme dizia que o segundo lugar é apenas um título bonitinho para o primeiro perdedor."

Termino essa resenha, muito grato por ter lido essa obra incrível e recomendando-a a todos vocês, é claro! Podem ter certeza de que não irão se arrepender, pois o coração de uma assassina nem sempre é frio e sombrio, de vez em quando, apresenta aberturas.

11 comentários:

  1. Iae Gabriel, tudo bom?
    Conhecendo seu blog agora, curti muito!
    Não conhecia este livro, mas deve ser bom pra ser selecionado o melhor da amazon né?
    YA é o genero que mais to lendo no momento, acho que irei procurar esse livro nas livrarias aqui. Valeu a dica.

    Adorei o blog e já estou seguindo, se puder retribuir. Abrçss
    www.booksever.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi,Biel!
    Eu nunca me senti tão interessada nesse livro para ser bem franca, mas sua resenha foi tão convincente que assim que possível irei dar uma chance ao livro. Não sou muito fã do gênero, mas acho que talvez possa me surpreender. Excelente resenha!
    Bjs!

    Zilda Peixoto
    http://www.cacholaliteraria.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oie! Parece ser um livro muito bom!!! O que me deixou desanimada foi a narrativa ser um pouco lenta no começo e o fato da também da autora não explicar diretamente sobre cada personagem, isso torna a leitura um pouco cansativa e superficial. Mas algo que me chamou a atenção foi a imparcialidade, é bom ver que os personagens se assemelham a nós, não sendo completamente bons e nem maus!

    Beijos!
    Meu Diário

    ResponderExcluir
  4. Olá Gabriel!
    Amei a resenha, parabéns!
    O livro parece ser realmente muito bom, mas infelizmente não faz meu estilo de leitura. Sou mais do romance, rs.
    Beijos,
    Ana M.
    http://addictiononbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Isso. Imparcialidade. Falou e disse, garoto!
    Eu sou suspeita porque gostei DEMAIS dessa história!
    Adoro a protagonista e amo o Chaol! E assim, até entendo essa questão histórica do personagem, e acho que a autora vai trabalhar mais isso no próximo. E vou dizer que isso não me deixou perdida. Acho que me foquei bastante nas ações - que são excelentes.
    Mas também espero que ela coloque mais sobre eles no próximo.
    bjus
    terradecarol.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Olá!!!

    Eu já tinha visto esse livro na Saraiva, mas nunca tive o impulso de comprar, nem mesmo ler a sinopse.

    Eu gostei da sua resenha, gostei desse lance de assassinos e tal, quem sabe Trono de Vidro não entre na minha lista até o fim do ano.

    Beijos
    http://osuficientee.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Minha vontade de fazer a leitura só aumenta, a trama parece ser bem envolvente e a protagonista bem cativante. Não vejo a hora de ler.
    Fico feliz em saber que gostou.
    Abraços
    Guilherme - http://leituraforadeserie.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Eu gosto bastante quando os personagens se aproximam da realidade.
    Mas essa história não consegue me conquistar! Realmente ele vem com inúmeras boas resenhas, mas ainda sim..
    Fico feliz dele ter lhe agradado tanto =)

    obs: faz muito tempo que não passo por aqui e nem sei quando você mudou o layout, mas queria comentar sobre ele *-* Ficou uma graça! E eu adorei o garotinho do banner =)

    Beeijinho. Dreeh
    Blog Mais que Livros

    ResponderExcluir
  9. Olá Gabriel,eu achei esse livro super interessante só que sua resenha foi decisiva para mim ter certeza que devo compra-lo.Obrigada.
    Quero convidar vocês para visitar o me Blog,ele é novo por isso não tem muita coisa,mas de qualquer jeito dê uma olhadinha: lendoerelendoalg.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Eu adorei o livro, acho que a autora podia ter trabalhado num final mais elaborado ao invés de deixar tantos fios soltos para as futuras continuações... mas agora é esperar pra ver se o nível irá permanecer alto ou não.

    um beijo Lara!
    http://meusmundosnomundo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Heey!

Agradecemos pela visita. O que achou do post? Compartilha sua opinião conosco. Obrigado :)

Eu vivo lendo. Todos os direitos reservados.©
Design e codificação por Sofisticado Design