Falando Sobre Cinquenta Tons de Cinza

9 de abril de 2013

Olá pessoal , hoje eu decidi fazer um post diferente ,  no qual irei discutir alguns enigmas que fazem com que cinquenta tons de cinza seja esse sucesso astronômico de vendas , então vamos lá ?

Bom pessoal quando cinquenta tons de cinza foi publicado era um livro simples até então , assim que começou a fazer sucesso o livro bombou e chegou a ficar durante 8 semanas na lista dos mais vendidos do New York Times , é chegou a vender mais de 200 mil exemplares em apenas 3 semanas .



Eu estava na  casa da minha tia quando me deparei com o livro sobre o balcão , fiquei pensando :  meu deus porque todo mundo ( principalmente as mulheres ) estão lendo esse livro ? e com um comentário da minha tia sobre adivinha quem .... Christian Grey é claro , fiquei pensando se tamanho sucesso era por causa do personagem ,  mas foi Christian que fez o livro chegar a vender 8 mil exemplares por dia ? talvez as mulheres ficaram " encantadas " com esse novo homem sadomasoquista , isso eu não entendo pois ele é um canalha que só quer .... é então ?

Confesso a vocês que eu estava morrendo de curiosidade de ler esse livro , e quando finalmente li fiquei chocado com tamanha estória chula , sinceramente não sei o que a com cinquenta tons de cinza , será que o marketing por cima do livro tem algo a ver com esse sucesso ? ou o fato de um livro de um tema mais sensual despertou a curiosidade de milhares de leitores ? quem sabe até o fato de o livro ser uma fanfic de Twilight ? bem não sei .... o que vocês acham ? deixem suas opiniões nos comentários :)

Entrevista de E.L . James ( Veja / Brasil )


O sadomasoquismo é uma fantasia feminina?
Creio que é uma fantasia que as mulheres não sabem ter até deparar com ela. Por razões óbvias, trata-se de algo muito subterrâneo, um tabu. Portanto, a maioria das mulheres não conhece os princípios básicos do sadomasoquismo — e essa novidade, em Cinquenta Tons, acabou se revelando muito atraente para as leitoras.
Mas as objeções que os críticos de Cinquenta Tons fazem à dominação sexual que Christian Grey impõe a Ana Steele são na maioria de caráter feminista — o tabu, hoje, é a ideia de uma mulher se submeter a um homem, não?
As mulheres não querem e não devem ser submissas, mas estamos falando aqui do que acontece no quarto, a portas fechadas. É bem sabido que a sexualidade ignora regras, e experimentar coisas diferentes com o parceiro pode ser um bocado divertido. Não significa que a submissão vai continuar fora do quarto, ora.
Fico ofendida quando alguém diz que estou contribuindo para um retrocesso da condição feminina. Que bobagem! O que Cinquenta Tons fez, na verdade, foi encorajar as mulheres a voltar a falar sobre sexo — e essa é a razão pela qual a trilogia, antes de ser encampada pelo mercado editorial, foi um fenômeno viral na internet. Isso não é retrocesso. É avanço.

 O que a seduziu em Crepúsculo?
O fato de ser um romance tão assumido e tão desavergonhado no seu romantismo — feito sem ironia, sem tentar parecer mais do que é. E achei-o também muito erótico, embora seja tão casto.

Mas a trilogia a deixou rica, não?
Tento não pensar nisso. Aliás, nem preciso tentar: outro dia fiquei presa no metrô, por causa de um problema na linha, e os amigos com quem eu estava indo me encontrar perguntaram: “Mas por que você não tomou um táxi?”.
Não tomei porque nunca teria tomado, ora. Estava bem no metrô, vez por outra ele atrasa, e é assim que as coisas são. Não pretendo sair torrando dinheiro por aí. A bem da verdade, meu marido e eu fazemos o possível para esquecer que ele está lá, no banco.
Compramos um carro novo e tiramos longas férias em família, nós dois e nossos meninos, de 17 e 15 anos. Não há mais nada em que eu sinta necessidade de gastar neste momento. Depois, veremos.

Essa foram algumas perguntas e respostas da autora , gostaram do post ?




31 comentários:

  1. Adorei o post.
    Bom eu sempre penso em comprar esse livro, mais depois eu desisto, não sei porque.
    Mais a historia também parece ser bem chata.
    Adorei também a entrevista.
    Abraços.

    http://www.pensamentoliterario5.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Adoooooooorooooooo esses livros tenho os 3 ^^

    http://livroaoavesso.blogspot.com.br/

    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Gostei muito do post.
    Fiquei sabendo dessa série no clube do livro da minha cidade. Algumas meninas estavam comemorando que a Intrínseca iria lança no país. Resolvi dar uma chance e comprei a trilogia em inglês, e me arrependo tanto.

    ResponderExcluir
  4. Que ótimo post Gabriel, eu penso que foi um misto entre o marketing e a curiosidade das pessoas que fizeram 50 tons um vírus entre os leitores.

    beijos da Mari
    http://www.amostradelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Gabriel!
    Creio que Cinquenta Tons é um mix de propaganda e curiosidade.
    Primeiro, o livro é sim uma porcaria e a história também, segundo, que mulher que se diz resolvida lê isso?
    Faça me o favor, tem tanto livro erótico com bom gosto por ai, e esse passou bem longe.

    Abç

    http://descobrindolivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. não tenho interesse algum em ler 50 tons de cinza! E acho que não é um livro para ser colocado na 1ª prateleira das livrarias ): adoorei o post

    beijoss

    Livro de Capa Dura

    ResponderExcluir
  7. Eu até agora não entendi o sucesso de 50 tons. Eu não gosto de dizer que um livro é ruim, apenas digo que eu não gostei, mas com esse não tem como não dizer que a história é horrível. A unica coisa que me atrai no Sr. Grey é o dinheiro dele, pois no resto não tem nem o que comentar.

    http://blogprefacio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi, Gabriel!
    Eu li a trilogia 50 tons e tenho a mesmo opinião que você. É chulo!
    Porém, se o livro serviu para despertar o interesse pela leituras de algumas pessoas, é válido. Só espero que quem leu 50 tons não pare por aí e possa conhecer milhares de livros maravilhosos, nacionais e internacionais, que temos a nossa disposição. Concorda? :)

    PS: adorei a imagem que você colocou para ilustrar o post. :)

    Beijos!

    Café com Leituras!
    http://cafecomleiturasneriana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Bom, eu li os dois primeiros da série, gostei muito do primeiro, mas no segundo percebi o quanto estava embalada pela história, mas a narrativa era péssima. Xinguei mentalmente a autora, ela escreveu de modo sedutor e ao mesmo tempo atrapalhado.
    Beijos e boa noite!
    clicandolivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oi Gabriel.
    Adorei o post.
    Eu gosto da trilogia 50 Tons, já li dois e gostei de ambos, só falta o ultimo para eu finalizar. Também não achei a narrativa complicada, muito menos ser uma cópia de Crepúsculo, mas acredito que o fato de eu gostar seja porque aprecio o gênero.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Eu nem achei os livros tão ruins assim... Lógico que é mt simples e tal, mas vale como distração! hehe
    E acho que o motivo do sucesso foi a curiosidade, já que ele fala de sexo...

    http://maisumapaginalivros.blogspot.com.br/
    Mais Uma Página

    ResponderExcluir
  12. Oi Gabriel! Gostei muito do post. Acho que foi um misto de propaganda e curiosidade, pois livros eróticos sempre tiveram, mas talvez não nas vitrines das livrarias. Não li, mas acho que como distração possa valer a pena.

    Beijos Fran Borges

    http://poesiasprosasealgomais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Eu ainda não li os livros mas por alguns motivos: todas as resenhas que li e críticas que ouvir/assistir praticamente diziam que o livro era péssimo, de linguagem infantil e que transforma em um rio no que poderia ser apenas uma gota de eroticismo.
    Bjs, VIctor

    http://encantosparalelos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Então eu le a trilogia de cinquenta tons assim que lançou , mas não foi muita novidade para mim porque já havia lido a historia como uma fanfic de Crepúsculo cujo o nome era MOTU . Mas eu acho que esse 'sucesso' todo de Cinquenta Tons , não esta ligado totalmente com a historia do Christian e da Anna , e sim na 'historia' que há por trás do livro , que é a liberdade sexual feminina . Porque , por mais que ao longo das ultimas decadas , nós mulheres tenhamos conquistado varias coisa , nós ainda somos 'tolidas' pela sociedade , claramente machista, a que estamos inseridas de falar sobre determinados assuntos , como por exemplo o sexo . Bom esse é minha opinião , apenas !!

    Bjs , Anna

    http://amigadaleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi Gabriel.
    Nossa que post ótimo! Sinceramente não tenho muito interesse de ler esse livro, mas as vezes eu fico curiosa só para saber o que as pessoas encontraram nele para o considerarem um dos melhores livros. Também penso na mesma hipotese que você, pode ser a mídia ou o tema sexual do livro que o ajudaram com tanto sucesso. Eu já perdi a conta de quantas vezes eu vi mulheres em pontos de ônibus em pé lendo este livro, deve ser viciante mesmo hein. Eu acho que o que desperta mais o interesse nas mulheres é a forma como o livro passa o tema sexual, tem muita gente que gosta desses assuntos, mas poucos livros abordam sobre ele com tanta clareza.

    Beijos, arrasou no post!

    www.doceabril.com.br

    ResponderExcluir
  16. Oi Gabriel!
    Então confesso que li 50 Tons de Cinza exatamente pelo mesmo motivo que você: Porque todo está lendo isso?? Daí peguei a triologia para ler e eu não gostei nadinha. Não foi apenas o termo chulo usado, ou o sadomasoquismo, ou até mesmo o Christian Grey, que para mim não passa de um personagem com sérios problemas emocionais e mentais, o que ele faz, é além da perversão e além do trauma de infância é uma doença sim. A história de amor deles é casta, na minha opinião. Pouca desenvolvida e muito corrida.
    Ainda não entendo o porque do sucesso, talvez a autora tenha conseguido o sucesso todo por ter usado o nome de "Crepúsculo", afinal era uma fanfic de Crepúsculo não era? Bom, essa é a minha opinião né hehehe
    Excelente post! E olha que eu preparei uma resenha de 50 Tons pra por lá no blog, pra inaugurar o espaço "Só para maiores" hahahaha
    Ahh, ta rolando um sorteio lá no blog do livro Percy Jackson e o Ladrão de Raios, se você se interessar, corre lá =)
    Beijos
    www.garotaliber.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. O post ficou ótimo! Esse livro é muito polêmico. Não tenho nem idade pra ler ele, e de qualquer forma, não tenho vontade.
    Não vejo nenhum avanço em criar livros assim. Pra quê? Ensinar as mulheres a "serem" sadomasoquistas? Aff, com tanto livro bom por aí...
    Mas, cada um tem sua opinião.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  18. Eu acredito que a divulgação foi muito grande e chamou a atenção, já que geralmente os livros do gênero são em formato "de banca" e esse não, e também não costumam divulgar tanto. Depois vem mil pessoas lendo o livro nas ruas e todo mundo fica curioso. Admito que fiquei curiosa também para saber o motivo de tanta euforia, mas ainda não tive a oportunidade de ler.

    Beijo!
    wwww.resenhasrbm.com.br

    ResponderExcluir
  19. Olá, o motivo deu vir aqui hoje é.. Um convite! Sim isso mesmo,estou te convidando a participar do Aniversário do Sete Coisas, serão 6 dias de gincanas, bem divertido! Espero que você possa comparecer pelo menos para dizer um oi e falar que me ama (mesmo que não ame, brincadeira).


    Então é isso você está convidado(a) para estar no blog hoje mesmo! Dos sorteios você participa se quiser está bem? Clique aqui para acessar!


    Beijos & Abraços!!
    Boa semana e feliz aniversário pro meu blog <3
    *Me desculpa se não fiz um comentário referente ao post, está bem?

    ResponderExcluir
  20. Oi Gabriel!
    Realmente essa trilogia têm muito sucesso!
    Ainda tenho que ler o último livro, mas ando sem tempo.
    Eu adorei os livros, mas confesso que tive um preconceito inicial.
    Agora, lendo a entrevista da autora, quero saber onde ela viu algo erótico, mesmo que escondido, em crepúsculo? rs

    BjO
    http://www.the-sook.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Oi, tudo bem?
    Olha, essa trilogia fez muito sucesso - ainda faz - mas, eu não me interessei ainda, acredita? Sl, não tenho curiosidade em relação a ele :(
    Um beijo.
    http://livrodagarota.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Gosto muito da trilogia, tenho os 3 e acho que mesmo com essa polêmica toda e alguma cenas que realmente são chocantes, mas a história em si é boa. :D

    ResponderExcluir
  23. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  24. Eu li os três livros, são livros polêmicos, com algumas cenas que muitas feministas abominam.
    O vocabulário utilizado nos livros as vezes pode constranger alguns leitores (eu leio a Irmandade da Adaga Negra, então meio que estou acostumada, com cenas picantes)!
    O que me irritou nessa trilogia é que o personagem de Christian Grey, mudou da água pro vinho do primeiro para o último livro, tudo em nome do amor...
    O sucesso da trilogia se seu mais pelo barulho que fizeram em torno dos livros do que pela história realmente dita!!
    Beijos
    http://coracaodetinta.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Oi Gabriel!

    Confesso que ainda não me interessei em ler essa série, o tema não me atrai... Mas, acredito que algo de bom deva ter, para fazer tanto sucesso, mesmo que seja apenas o marketing em cima da obra...

    Beijos,
    http://livrosechocolatequente.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  26. Eu li o livro
    e não achei a estória péssima
    confesso que as atitudes da personagem
    principal me incomodam, tanta submissão e
    insegurança em uma mulher me deixam super frustrada,
    gosto de ler mulheres bem resolvidas e fortes (como as personagens
    de Sidney Sheldon), mas enfim o conjunto da obra não é de todo ruim.

    http://soubibliofila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  27. Ui.. Gostei do post.
    Confesso que eu li cinquenta tons e gostei. Acho que era mais pela novidade... Sei lá.. Mais durante a leitura do livro eu fiquei extremamente incomodada com a escrita dele pois se como muitos acham que ele não é um bom livro poderiam pelo menos achar que ele era bem escrito.
    Hoje em dia eu não gosto mais tanto assim da trilogia. Acho que abri os meu olhos para a verdade e percebi que a leitura de tal livro não era nem um pouco construtiva para mim.
    Beijos.

    http://absortoemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  28. Oi, oi!
    Bom, eu já li todos os livros da trilogia. Na verdade, os livros não tem quase história, é só sexo, sexo e sexo. Eu sei disso, mas o que me instigou a continuar foi a minha confusão sobre o Grey. Porque ele era daquela maneira - batia em mulheres (principalmente morenas) e ficava feliz em fazer isso. E também sobre querer ter controle de tudo.
    E a história é um tanto chata mesmo, tudo é repetitivo - o lance de morder os lábios, a deusa interior, o dominador, olhos cinzentos, olhos cinzentos e, ah, olhos cinzentos também.
    O livro não é de todo ruim - mas infelizmente a maior parte é.

    http://encanto-do-livro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  29. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  30. Gabriel,

    eu li o primeiro e segundo livro. O que me chamou a atenção foi exatamente o sucesso que ele estava fazendo e o comprei. Eu gostei da trama, porém me assustei com a forma "aberta" que a autora descreveu as cenas. Acho que o que fascina é a novidade. Sempre existiram livros assim, mas E.L. conseguiu misturar a personagem sem sal de Crepúsculo com um cara totalmente sexy. É como dizer: "Olha! Eu sou sem graça, mas conquistei um partidão!". Sei lá...

    O terceiro livro eu comprei, mas não o li e estou deixando para o fim da fila! Tem livro melhor na frente! rs

    Abraços

    Gláucia

    booklover.com.br

    ResponderExcluir
  31. Oi Gabriel!

    Li toda a trilogia, e gostei! Acho que a venda exorbitante que ocorreu não foi realmente pela qualidade do livro, mas sim, por muita gente curiosa pelo que estava ouvindo falar. Vendo todo o "auê" que foi feito, o livro pode deixar a desejar. Mas quando eu li, ainda não tinha "estourado" nas vendas.. foi bem quando foi lançado e eu mal tinha ouvido falar. Gostei do livro porque não é como a maioria pensa (só um romance erótico mal escrito), é uma leitura leve, divertida. Eu particularmente, gostei.

    Beijos,
    Carol
    http://hconcours.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Heey!

Agradecemos pela visita. O que achou do post? Compartilha sua opinião conosco. Obrigado :)
















EU VIVO LENDO. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.
DESIGN E DESENVOLVIDO POR SOFISTICADO DESIGN