Resenha - A Menina Que Roubava Livros - Markus Zusak

7 de setembro de 2012


Título : A Menina Que Roubava Livros
Referencial de Paginas : 499
Autor : Markus Zusak


Nota :

Sinopse : Entre 1939 e 1943, Liesel Meminger encontrou a Morte três vezes. E saiu suficientemente viva das três ocasiões para que a própria, de tão impressionada, decidisse nos contar sua história, em "A Menina que Roubava Livros", livro há mais de um ano na lista dos mais vendidos do "The New York Times".
Desde o início da vida de Liesel na rua Himmel, numa área pobre de Molching, cidade desenxabida próxima a Munique, ela precisou achar formas de se convencer do sentido da sua existência. Horas depois de ver seu irmão morrer no colo da mãe, a menina foi largada para sempre aos cuidados de Hans e Rosa Hubermann, um pintor desempregado e uma dona de casa rabugenta. Ao entrar na nova casa, trazia escondido na mala um livro, "O Manual do Coveiro". Num momento de distração, o rapaz que enterrara seu irmão o deixara cair na neve. Foi o primeiro de vários livros que Liesel roubaria ao longo dos quatro anos seguintes.
E foram estes livros que nortearam a vida de Liesel naquele tempo, quando a Alemanha era transformada diariamente pela guerra, dando trabalho dobrado à Morte. O gosto de rouba-los deu à menina uma alcunha e uma ocupação; a sede de conhecimento deu-lhe um propósito. E as palavras que Liesel encontrou em suas páginas e destacou delas seriam mais tarde aplicadas ao contexto a sua própria vida, sempre com a assistência de Hans, acordeonista amador e amável, e Max Vanderburg, o judeu do porão, o amigo quase invisível de quem ela prometera jamais falar.
Há outros personagens fundamentais na história de Liesel, como Rudy Steiner, seu melhor amigo e o namorado que ela nunca teve, ou a mulher do prefeito, sua melhor amiga que ela demorou a perceber como tal. Mas só quem está ao seu lado sempre e testemunha a dor e a poesia da época em que Liesel Meminger teve sua vida salva diariamente pelas palavras, é a nossa narradora. Um dia todos irão conhece-la. Mas ter a sua história contada por ela é para poucos. Tem que valer a pena

Totalmente sem palavras para descrever este livro , mais vamos la ! A Menina Que Roubava Livros  é um clássico totalmente perfeito... Em hora nenhuma deixe de me desinteressar pelo livro , pelo contrário li ele em 2 dias , com muito custo pois não queria parar nem para dormir , Markus Zusak conseguiu me prender até o último parágrafo dessa obra fascinante .
Não vejo o que criticar de ruim neste livro , a única coisa que retirou uma estrelinhas desta obra foi um dos capítulos finais , sim é verdade achei totalmente desnecessário a morte de todas as pessoas próximas a Liesel , fiquei com tanta dó da pobrezinha que queria me teletransportar para dentro da história só para ajuda-la . O autor coloca uma figura um tanto inusitada para narrar esta história que é a morte , fiquei surpreendido quando descobri o tal fato ... Mais não e diferença  , em quase todas as partes fiquei surpreso . Quando Rudy ajudou Liesel a roubar seu primeiro livro da biblioteca do prefeito por exemplo,. A Menina Que Roubava Livros também trata-se de uma obra história que conta o fato da guerra entre nazistas e judeus , do líder nazista da Alemanha Adolf Hitler  , um livro triste porém empolgante é engraçado , minha personagem preferida pode parecer estanho eu sei mais e Rosa Hubermann , sim ela mesmo a mãe que só pronúncia a palavra Saumensch ( palavra indelicada e irracional ) , a menina que roubava livros é um livro para ser lido e apreciado . Por todas as faixa etárias !

FRASE MARCANTE :

- A morte é um fato que não deve ser lamentado mais sim apreciado e estudado .

                                                                           

4 comentários:

  1. Amei a sua resenha, e fiquei com vontade de voltar a ler esse livro. Eu estava amando a historia, mas chegou o periodo de provas e infelizmente tive que abandona-lo, acabou que deixei ele de lado, e dei prioridade a outras leituras. Mas depois de ler sua resenha, senti vontade de voltar a ler. Parabens pelo blog, beijos.

    livrosfilmesetal.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. A resenha esta ótima, e esse livro é realmente encantador! Eu já li e recomendo. Já tem uns dois anos q li esse livro e até hj sempre lembro da Liesel e do Rudy, a maneira como a "morte" narra a história é incrível e fascinante

    ResponderExcluir
  3. Essa foi a primeira resenha que li desse livro, e eu o adoro, muitas pessoas que conheço me disseram que perderam a vontade de ler o livro em algumas partes e outras pessoas nem terminaram de ler..
    Mais eu amei esse livro.. ele é otimo..
    Adorei a resenha e tambem acho que deveriam ter sobrado alguns personagens dessa historia..

    Beijos
    vdsweetlove.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Também achei um pouco cruel do Markus acabar com as pessoas que Liesel amava, mas....o destino nem sempre é bom, e pelo menos o Max sobreviveu :)

    ResponderExcluir

Heey!

Agradecemos pela visita. O que achou do post? Compartilha sua opinião conosco. Obrigado :)
















EU VIVO LENDO. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.
DESIGN E DESENVOLVIDO POR SOFISTICADO DESIGN